Marketing de Influencers para tua estratégia digital

pessoas com cartazes de redes socias

Quantas vezes já fizeste scroll no teu Instagram ou Facebook hoje?

Quantas mensagens já enviaste desde que acordaste? Qual foi a primeira coisa que fizeste quando pegaste no telemóvel de manhã? Talvez abrir uma aplicação?

O mundo mudou, os nossos hábitos mudaram e o marketing adaptou-se.

A rapidez e agilidade de informação disponível alterou o equilíbrio de poder entre as marcas e as pessoas.

Num mundo definido pelos consumidores acreditamos que o marketing de influência converge num factor nuclear – a confiança. E vamos dizer mais duas verdades:

Todos nós seguimos, pelo menos, um influencer nas redes sociais.

Todos nós já fomos influenciados para comprar ou experimentar algo graças ao seu conteúdo, não é verdade?

Mas o que é isto, do marketing de influência?

O Marketing de Influência ou Influencer Marketing consiste numa estratégia de marketing digital que envolve uma parceria entre uma marca e produtores de conteúdo digitais e independentes com influência sobre públicos de determinadas dimensões.

O objetivo desta parceria é estabelecer uma ponte entre a marca e o público-alvo dos produtores de conteúdo ou influencers, o que pode representar um forte impacto positivo na estratégia de marketing digital da marca, se feito da forma certa, uma vez que os influenciadores têm a capacidade de causar um efeito na imagem da marca.

O Marketing de Influência é uma estratégia que é cada vez mais utilizada pelas empresas para aumentarem a sua notoriedade e as suas vendas.

Agora explicado por miúdos… não é nada mais nada menos do que utilizar uma pessoa -ou um programa que as pessoas conhecem e confiam- para ajudar a divulgar os produtos da empresa. A ideia é se aquela pessoa que eu conheço e confio usa aquele produto, porque é que eu não uso?

Um exemplo muito prático é, todas as crianças que jogam bola querem tênis da Nike, acham que é porque são mais giros e confortáveis que os da Adidas? Ninguém diz que são ou não… atenção, não nos condenem já! Mas a questão é, as crianças querem tênis da Nike porque o Cristiano Ronaldo usa tênis da Nike, tão simples quanto isso. O Cristiano Ronaldo o melhor jogador do mundo usa esses tênis, eu também quero usar!

Marketing de Influência na estratégia de conteúdo

Um dos principais benefícios é os custos. O marketing de influência implica custos relativamente baixos e os resultados são muito positivos e mensuráveis, o que torna-o uma das estratégias mais utilizadas pelas marcas.

O Marketing de Influência impacta a imagem e o alcance de uma marca, podendo favorecê-la perante os olhos de um grande número de pessoas e, assim, influenciar a sua jornada de compra.

Está visto que os consumidores são mais influenciados por pessoas que reconhecem, admiram e em quem confiam do que por aquilo que as próprias marcas transmitem.

Este tipo de estratégia tem dado resultados TOP para as empresas. O Marketing de Influência permite segmentar as ações de marketing e comunicação, escolhendo o público-alvo mais lucrativo através da seleção dos influenciadores que melhor se encaixam no perfil da empresa.

Marketing de Influência em números

Não estás convencido? Se esses benefícios não te chegam vê o que dizem os números:

  • Espera-se que o marketing de influência atinja os 13,8 biliões de dólares em 2021
  • 90% dos marketeers consideram o marketing de influência eficaz
  • 67% das marcas recorrem ao Instagram para realizarem marketing de influência; 45% usam o TikTok; 43% o Facebook; 36% o YouTube; 16% o LinkedIn; e 15% o Twitter
  • Por cada dólar investido em marketing de influência, as marcas ganham 5,20 dólares
  • 54% dos influencers mostram-se dispostos a trabalhar com marcas que os respeitem
  • 89% dos marketers consideram o ROI do marketing de influência equivalente ou superior ao de outros canais de marketing
  • 91% dos millennials confia tanto nas críticas online como em amigos e familiares
  • 3725 biliões de pessoas usam diariamente as redes sociais

Fonte: Influencer Marketing Hub

Quem são os “influencers”?

No fundo, os influencers (ou influenciadores) são pessoas “comuns”, tal como os próprios consumidores, constituindo-se como elo de ligação perfeito entre as marcas e um público específico (que os respeita e que confia neles).

As pessoas querem informação que lhes seja útil e/ou que as entretenha, dispensando a publicidade (especialmente sobre algo que não lhes interessa!).

Hás de reparar que, na maior parte do tempo, os influencers dedicam-se a entregar valor ao seu público, e só no fim é que fazem publicidade ou tentam vender algo…

No que toca às áreas de atuação, existem influencers para os mais diversos assuntos: moda, beleza, lifestyle, nutrição, culinária, empreendedorismo, desporto, humor, etc.

Como aplicar o Marketing de Influência na estratégia digital

O Marketing de Influência não é uma ciência exata. Contudo, as campanhas bem-sucedidas implicam todo um planeamento que, a nosso ver, passa pelas seguintes linhas gerais:

Definição de Objetivos

Como em qualquer outra campanha, estabelece:

  • Qual o objetivo da tua campanha?
  • Qual o público a quem se destina?
  • Qual a expectativa de resultados?

Pesquisa e Seleção

Depois, faz uma seleção de influenciadores, recorrendo ao Google e a ferramentas de busca nas próprias redes sociais.

Os influenciadores são normalmente classificados pelo número de seguidores para fazer esta seleção. Tem em atenção o estilo de influenciador que melhor se adequa ao teu público-alvo e orçamento!

Abaixo damos-te algumas dicas para tomares uma decisão mais informada.

Escolha Adequada

Após uma primeira pesquisa, cabe, então, aos gestores de marketing das empresas escolher os influencers mais adequados de acordo com os objetivos estabelecidos.

Existem 4 tipos de influenciadores diferentes, tendo como critério o número de seguidores:

  • Mega Influenciadores – com mais de 1 milhão de seguidores; são uma ótima escolha para as marcas de maior dimensão, com mais recursos financeiros e que pretendem ser reconhecidas globalmente ou associar os seus produtos a um influenciador.
  • Macro Influenciadores – entre 100 mil e 1 milhão de seguidores; habitualmente, têm uma audiência ampla, mas ainda assim, conseguem manter o engagement. Funcionam muito bem para as marcas que desejam anunciar para um nicho de mercado específico, ainda que grande.
  • Micro Influenciadores – entre 10 mil e 100 mil seguidores; são, normalmente, especialistas num determinado setor do mercado (por exemplo, moda, desporto, viagens, etc.) A sua comunidade é caracterizada pela lealdade e engagement, que podem resultar numa taxa de conversão mais elevada. Aos olhos do público, costumam possuir uma maior autenticidade e, por isso, credibilidade.
  • Nano Influenciadores – entre mil e 10 mil seguidores; são o tipo de influenciador mais recente. Basicamente, são consumidores “comuns” que possuem uma influência acima da média dentro da sua comunidade. Costumam ter pouca (ou nenhuma) experiência em trabalhar com marcas profissionalmente.

Os 3 R’s da Influência

Para facilitar a tua escolha, deves ter em conta os 3 R’s da Influência:

  1. Relevance (relevância): o influenciador é alguém importante no segmento de público da tua marca?
  2. Reach (alcance): a quantidade e a qualidade das pessoas que o influenciador alcança encaixam nos ideais da tua marca?
  3. Resonance (ressonância): o conteúdo que o influenciador produz é relevante para o teu público-alvo? Estabelece, realmente, uma maior conexão com as pessoas? Gera engagement poderoso e resultados positivos?

Tipos de campanhas

As redes sociais prestam-se a vários tipos de marketing de influência. Alguns formatos clássicos nos quais podes apostar são:

Giveaways

As campanhas de giveaway são muito populares pela sua simplicidade e benefícios mútuos. Tudo o que o influencer tem que fazer é pedir aos seus seguidores que introduzam o seu email, que gostem de um post ou que o comentem ou que respondam a alguma pergunta, por exemplo, sendo depois o vencedor para ganhar um prémio selecionado de entre os participantes.

Takeover das redes sociais

No chamado takeover das redes sociais, o influencer tem acesso às redes sociais da marca por um determinado período de tempo, produzindo conteúdo para as mesmas.

Comissões

Neste tipo de acordo, o influencer é pago ou recompensado de outra forma sempre que uma venda é feita através das suas redes sociais.

Conteúdo patrocinado

O influencer cria e publica conteúdo que promova a tua marca nas suas redes sociais. Lembra-te de que o segredo do sucesso do marketing de influência é dar espaço ao influencer para, com o seu estilo próprio, promover o produto, já que é isso que cativa os seus seguidores, pelo que não deves, de forma alguma, procurar definir inteiramente aquilo que será publicado.

Ofertas

Neste tipo de marketing de influência, envias ou ofereces um produto a um influencer na esperança de que, agradecido, faça publicidade ao mesmo.

Embaixadores da marca

Os embaixadores da marca são influencers com quem trabalhas de forma continuada e que, como o próprio nome sugere, dão a cara pela tua marca, promovendo os teus produtos nas suas redes sociais de forma quotidiana.

Como medir os resultados do marketing de influência

Com a campanha já a decorrer, deves medir os resultados regularmente, para que se possam otimizar de acordo com os objetivos estipulados.

Podes, por exemplo, criar um hashtag específico, como #ParceiroLogrise, para acompanhares aquilo que os teus influenciadores estão a fazer.

Se o teu objetivo é aumentar as vendas, dar códigos (vouchers) ou tracking links aos teus influencers para que os partilhem com os seus seguidores ajudar-te-á a perceber quantas vendas estão a ser geradas pelos mesmos.

No final da campanha, faz um balanço da experiência!

E tu, és totalmente a favor do Marketing de Influência ou ainda não estás convencido sobre o seu potencial? 

Vamos influenciar o mundo, juntos? 😀

Continua a ler: Público Lookalike: a melhor forma de optimizar as campanhas digitais