Saiba como recuperar carrinhos abandonados

carrinho de compras com sacos dentro

Abandono - Vamos compreender o conceito

70% de todos os carrinhos de compras de e-commerce são abandonados antes da finalização da compra!

O abandono do carrinho de compras é frustrante e desanimador. Já é difícil atrair pessoas para o seu website, fazer com que adicionem produtos ao carrinho para depois saírem antes de finalizar a compra…

Aqui compreendemos que existem várias fases e problemas – em princípio poderá rever-se num destes cenários:

  • O abandono da procura ocorre quando um comprador visualiza um produto, mas nunca o adiciona ao carrinho.
  • O abandono do carrinho é o passo seguinte ao abandono da procura. É quando um visitante adiciona um artigo/produto, e… fica-se por aí.
  • O abandono do checkout é quando um visitante adiciona um artigo ao carrinho, começa a o procedimento de checkout (a preencher a sua informação) para, logo de seguida, abandonar a compra antes de enviar o pedido e o pagamento.

Abandono do carrinho: os 6 principais motivos

Veja a seguir as razões mais comuns para isto acontecer, junto com as soluções:

1) Só a ver!: os ingleses chamam os “Window Shoppers”, mas nós gostamos de chamar os “só a ver, ‘tou só a ver!” . Quantas pessoas é que fazem isto? Mais da metade de todas as pessoas que abandonam o carrinho! O Baymard Institute estima que 58,6% dos compradores dos EUA abandonam o carrinho porque estão simplesmente a ver.

Mas como costumamos dizer, onde existe um problema, existe uma solução! Mesmo para as pessoas que só estão a ver! Pode sempre seguir um destes exemplos para transformar curiosos em compradores:

    • Exibir avisos verdadeiros sobre a disponibilidade limitada ou baixo stock
    • Listar todas as suas promoções para incentivar a compra
    • Angariar o e-mail deles e envolvê-los novamente com um e-mail de recuperação do carrinho
    • Remarketing durante os próximos dias

2) Preços demasiado altos ou custos inesperados: muitas vezes, o culpado do custo inesperado são os portes de envio.

Para combater este abandono do carrinho de compras, você pode:

  • Oferecer portes gratuitos: através de um determinado valor de compra.
  • Antecipar portes de envio com taxa fixa: Por exemplo, “portes de envio para Portugal a 5€”. Ao listar esse custo antecipadamente, evita logo uma má experiência de surpreender os visitantes mais tarde no check out final.
  • Esclarecer custos de envio explícitos: liste os custos de envio no início do funil. Se oferecer portes gratuitos, diga isso logo de início no topo de cada página.

Basicamente é ser o mais direto e transparente sobre todos os custos antes que os visitantes cheguem a uma etapa final.

3) Promo Code: Quando os seus potenciais clientes estão prestes a fazer uma compra e veem um campo vazio “aplicar cupom”, muitos fazem uma pausa. O campo vazio sussurra, “há um desconto lá fora, só precisas de encontrar-me!”

Dependendo da frequência com que oferece cupões ou descontos, existem algumas opções e soluções para lidar com isto:

  • Forneça códigos no site: em vez de enviar os compradores para o Google, mantenha-os no seu site com um link para “encontrar uma oferta”, “ver todas as ofertas ativas” ou uma barra promocional relevante nas páginas de checkout.
  • Códigos pré-aplicados: se estiver a usar um código promocional para direcionar tráfego do e-mail para uma página de um produto, preencha previamente o campo promocional com esse código.

4) Confiança é chave: Construir uma ponte de confiança é um processo complexo que começa desde o primeiro momento em que um visitante ouve falar da sua marca ou vê o seu website.

Soluções:

  • Exiba reviews dos seus produtos
  • Exiba crachás de confiança
  • Empresas a sério têm a sua morada e o número de telefone no footer do site

5) Problemas técnicos

  • Demasiado tempo a carregar uma página
  • O website encravou
  • Falhas no processamento de pagamentos
  • Fraca capacidade de resposta em dispositivos móveis

Solução: são coisas simples de se resolver – convém fazer check-ups periódicos ao seu website para confirmar a existência de algum tipo de problema.

6) O processo de checkout é uma dor de cabeça: Muitos e-commerces não otimizaram o seu processo de checkout. Como resultado, os potenciais clientes enfrentam todos os tipos de atritos ou confusão desnecessária ao tentarem fazer uma compra.

  • Dificuldade em atualizar ou ajustar os produtos no carrinho
  • Avisos que atrapalham ou pop-ups inoportunos
  • Sentido de progresso pouco claro (ou seja, nenhum indicador de progresso)
  • Próximas etapas pouco claras
  • Muitos campos de formulário
  • Mensagens de erro confusas
  • Poucas e/ou fracas opções de pagamento

Ofereça a opção de fazer o checkout sem precisar de fazer login ou registo

Solução: REmarketing, REtargeting, REpersegue-os!

Se eles vão embora, vá buscá-los novamente!

Na plataforma do Facebook, use o pixel no seu website para perceber quem o visita. No Google Analytics pode partilhar essa informação para o Google Ads e criar listas de remarketing (lê este guia rápido SEM para saber como utilizar o Google Ads) .

Esta estratégia já provou ser bem-sucedida em vários negócios. É normal as maiores taxas de conversão sucederem em públicos que já interagiram com o seu website.

Também pode fazer campanhas de e-mail enviando os produtos que os utilizadores abandonaram. Existem ferramentas que facilitam o processo. O Simplifier pode ajudá-lo a enviar vários produtos num único link e ver quando o utilizador abriu a mensagem.

Estratégia para reduzir a taxa de abandono do carrinho de compras

Existem vários fatores a ter em conta quando se faz retargeting, incluindo determinar quando um visitante volta para concluir a compra (para que não continue fazendo o retargeting), portanto, uma agência especializada deve ser tido em conta para fazer a gestão das suas campanhas. Sendo assim:

  • Segmente os seus visitantes: O processo começa com a segmentação adequada da lista de visitantes. Agrupe os visitantes do seu website em segmentos com base nas suas ações para que possa criar alavancas para cada lista. Quanto mais ações um visitante realiza no seu website, mais valiosas são para a sua campanha.
  • Tenha cuidado com a frequência: Monitorize quantas impressões os utilizadores estão obtendo em média, especialmente se houver o risco de um utilizador cair em várias listas ou segmentos.
  • Eleve a sua campanha a um nível de anúncios exclusivos: A criação de diferentes anúncios para cada segmento evita o cansaço e cria uma experiência mais agradável para o cliente.

Precisa de alguma ajuda? Estamos cá!

Os visitantes que chegam ao carrinho já se comprometeram a fazer uma compra – eles só precisam de um pouco de ajuda para concluir a mesma.

Isto torna o abandono do carrinho uma grande oportunidade para marcas que desejam converter vendas perdidas em relacionamentos lucrativos com os clientes.

Se não tem a certeza da melhor maneira de fazer isso, podemos ajudar.